É UMA BOA UTILIZAR A ARBITRAGEM NA SUA FRANQUIA?

Um dos desafios de qualquer rede de franquias é resolver da melhor forma possível eventuais conflitos que possam surgir com seus franqueados.

 

Quando somente a conversa entre franqueador e franqueado já não é suficiente para resolver o conflito, o passo seguinte é a busca do judiciário. O que ocorre é que quando a discussão cai lá, todos sabem a demora para se chegar numa conclusão, isso é muito ruim.

Outro aspecto negativo do judiciário é que quem vai julgar nem sempre conhece os detalhes do funcionamento do sistema de franquias e isso faz que a decisão acabe sendo injusta, não por má fé, mas por falta de conhecimento sobre este sistema que tem características baste particulares.

 

A alternativa para isso é a resolução de conflitos através do sistema arbitral, os árbitros são especialistas no segmento, então este problema está resolvido e existem prazos definidos para a conclusão do processo, e estes prazos são muito, muito menores do que o tempo que normalmente vemos no judiciário tradicional, e assim o outro problema fica resolvido também.

 

Por que então a arbitragem não é amplamente utilizada, em especial no franchising?

 

Porque a estrutura de uma Câmara de Arbitragem custa caro, e o custo dos árbitros também é alto. Mas tenho uma boa notícia.

 

Com a possibilidade da realização da arbitragem online, este problema do custo fica resolvido, custando de modo geral menos ainda do que gastaria durante todo o mesmo processo no judiciário.

Para explicar mais sobre como isso funciona, a Arbitrare organizou o I Congresso de Arbitragem Online, e eu palestrei sobre Arbitragem e Franquias, pode assistir aqui:

 

 

Se você quiser saber mais sobre Arbitragem Online recomendo também a palestra da Bruna Frasson, neste mesmo Congresso:

 

 

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Últimas
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Conecte-se